iMãe

A história de uma mãe, um pai, dois filhos, dois cachorros e nenhuma babá

530 1

Minha amiga e mamãe colunista do blog, Cris Oliveira,  botou de lado seus textos profissionais e nos contou um pouco do seu dia a dia com tanta coisa para fazer. Suamos a camisa, mas somos felizes, não é Cris?

***

A história de uma mãe, um pai, dois filhos, dois cachorros e nenhuma babá

Por Cristiane Oliveira

Acho lindo família grande, crianças na casa, paredes desenhadas, brinquedos pela sala, barulho na hora do almoço, carro com a mala cheia de tralha só para passar um final de semana na praia…

cama compartilhada

Queria ser mãe de 3…

A primeira chegou, minha Malu e com ela toda a alegria do mundo e todas as inseguranças possíveis do universo materno também. Muitas mães-amigas me falavam que depois do 3º mês tudo ia melhorar, ficar mais fácil, mas esses 3 meses pareciam nunca passar….rsrs. As mamadas, as madrugadas…foram dando lugar ao primeiro sorriso, a primeira papinha, a primeira palavrinha, os primeiros passos. A Malu foi crescendo e a vontade de ser mãe outra vez voltou.

O segundo chegou, meu Bento. Chegou prematuro, e eu pensei…e agora? Será que eu vou conseguir??? E a resposta é, SIM!!!! Com o segundo filho não dá tempo nem de pensar…a gente apenas faz e ama e cuida e ama e ama mais. Tudo outra vez, as mamadas, as madrugadas,…mas agora são dois.

Quando ele está no banho, ela me pede mamadeira, quando ele dorme e ela vai para o banho, ele chora querendo mamar. Quando ele está mamando, ela que acabou de desfraldar quer fazer coco e me manda andar logo pois está muito apertada. Eu a coloco no vaso e corro para atender o telefone, decidir o que vamos almoçar, colocar roupa na máquina etc, etc, etc.

E a gente acha que não vai dar conta, o cansaço é imenso e acumulado, a jornada é intensa, mas a gente dá conta, com mais serenidade, com mais segurança e com muito amor.

O terceiro eu não sei se vem… Provavelmente não, então, por aqui, continuamos sendo uma mãe, um pai, dois filhos, 2 cachorros e nenhuma babá.

Contatos da Cris Oliveira – Fisioterapeuta e Psicomotricista
Telefone: (85) 8678-4568 
E-mail: olicrism@gmail.com

Recomendado para você