Blog do Jocélio Leal

Em artigo, Waack dá leve estocada em Kamel

1064 2

Fortaleza – No artigo que assina na edição deste domingo (14/1) na Folha de S. Paulo, intitulado “ Não sou racista, minha obra prova“, o jornalista William Waack dá uma estocada no diretor de jornalismo da Rede Globo e, por assim dizer, algoz na sua saída da emissora, Ali Kamel.

Repare neste trecho: “Sim, existe racismo no Brasil, ao contrário do que alguns pretendem”.

Em 2006, Kamel publicou o livro “Não somos racistas”, no qual questionava os diferentes projetos nascidos na Era Lula para criar cotas raciais, como suposta negativa da miscigenação brasileira.

Ainda o artigo de Waack:  “Sim, em razão da cor da pele, pessoas sofrem discriminações, têm menos oportunidades, são maltratadas e têm de suportar humilhações e perseguições”.

Outro trecho: “Durante toda a minha vida, combati intolerância de qualquer tipo —racial, inclusive—, e minha vida profissional e pessoal é prova eloquente disso.”

Ainda: “Autorizado por ela, faço aqui uso das palavras da jornalista Glória Maria, que foi bastante perseguida por intolerantes em redes sociais por ter dito em público: “Convivi com o William a vida inteira, e ele não é racista. Aquilo foi piada de português.”

 

Acesse aqui a íntegra

Recomendado para você