Blog do Jocélio Leal

Ceará estuda holding para gerir ativos 

Fortaleza – O Governo do Ceará estuda criar uma holding para gerir os ativos do Estado. A Companhia seria vinculada à Secretaria da Fazenda (Sefaz). O projeto está em análise na Procuradoria Geral do Estado (PGE). De lá, deverá seguir para a Assembleia Legislativa em fevereiro, na forma de projeto de lei assinado pelo governador Camilo Santana (PT).

Com a holding, o Governo cearense pretende dar eficiência na gestão dos ativos do Estado. Os referidos ativos seriam os imóveis, inventariados por encomenda da Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag), e compõe uma lista a ser concedida ou privatizada. Já os móveis incluem participações em sociedades com empresas e direitos creditórios oriundos de parcelamentos tributários.

Sem organizar o gerenciamento da carteira de ativos, é bem improvável, a preços de hoje, que o Governo caia em campo para fazer um Road Show, conforme previsto.

EM EQUIPE

A criação da holding junta em trabalho de equipe os secretários Maia Júnior (Seplag) e Mauro Filho (Sefaz).

No papel de homem do cofre, Mauro sabe o quão importante é a busca obstinada por equilíbrio fiscal. Em cerca de 12 anos no posto, Mauro carrega medalhas importantes, a destacar o nível de investimentos do Ceará- a natureza destes, decisões de Governo, são outro debate. A longevidade no posto é um caso raro no Fisco nacional.

Já Maia Jr, que em artigo no O POVO comparei ao gerente do Governo, a rigor vai muito além do papel de gerenciar. Ao seu ritmo já reconhecidamente intenso de trabalho, teve (e tem) de acrescer um sentimento de urgência ainda maior, porque entrou no segundo tempo, ano passado.

Ao extenuante dia a dia da máquina, junta mirar o futuro (é do Planejamento) – vide ações de caráter estruturante, como reforma da previdência estadual – e o Ceará 2050.

 

 

 

Recomendado para você