Blog do Jocélio Leal

O vigor de Juazeiro do Norte

292 1

Juazeiro do Norte (CE)  – Quem vai a Juazeiro do Norte tende a ficar impressionado com o vigor da economia local, fortemente ancorada no comércio e serviços. A cidade está anos luz à frente de qualquer outra além da Capital.

Airbus da Avianca no Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes: são dois voos por dia para Fortaleza (Fotos: Jocélio Leal)

Em Juazeiro, a riqueza gerada fica em grande parte por lá mesmo. Enquanto o Ceará investe em aeroportos em Jericoacoara (Cruz) e Canoa Quebrada (Aracati), como polos turísticos que são, muito antes Juazeiro já operava o seu. Hoje com três companhias: Avianca, Azul e Gol, a primeira com voo diário para Fortaleza.

A expansão do ensino superior na região, com uma universidade federal, um instituto federal e cinco faculdades – dois cursos de medicina (Estácio em Juazeiro e UFC na conurbada Barbalha) – tem sido determinante. Mas, ao tempo em que exibe vitalidade, o Cariri padece da mesma síndrome comum ao Ceará, a das oportunidades perdidas.

“Doblossauro” do hotel i-uá, em Juazeiro. Hotel aposta no Geoparque como âncora para a região

O turismo religioso a revolucionou, graças a Padre Cícero. Mas há outra revolução por acontecer. O Geoparque Araripe, o primeiro das Américas reconhecido pela Unesco, se estende por seis municípios e reúne patrimônio importante. Possui jazidas de fósseis de animais e plantas com milhões de anos. Deveria ser uma atração internacional. Ainda não é.

 

Recomendado para você