Blog do Jocélio Leal

Kakay e o impacto da Lava -Jato na advocacia criminal

/jocelioleal/2018/06/29/kakay-e-o-impacto-da-lava-jato-na-advocacia-criminal/
1635 Seja o primeiro a comentar

Fortaleza – O advogado Antônio Carlos Kakay, dono de uma das bancas mais requisitadas no segmento da advocacia criminal no País, afirma ser a favor do instituto da delação premiada, mas avalia que ela foi vulgarizada pela Operação Lava-Jato. 

Kakay participou da segunda edição do Rio Mar Trends, na noite desta quinta-feira (28), no Teatro Rio Mar. O evento tem parceria com a plataforma Empregos & Carreiras, do O POVO. O editor do Blog apresentou o evento esta noite. Antes, no camarim, ele conversou com o Blog.

Ele diz que o “Poder legislativo está de quatro” e que o Executivo não tem legitimidade. “Como não existe vácuo de poder, o Judiciário ocupou”. 

Ele alerta para o que chama de banalização da prisão preventiva. Ademais, aponta os imensos riscos da criminalização da política.

O criminalista mineiro, formado pela UnB, e dono de restaurante em Brasília, tem seu cardápio jurídico servido a clientes notórios, tanto acusados no Mensalão como na Lava-Jato. Ou ainda celebridades. Foi ele quem defendeu Roberto Carlos na polêmica sobre a biografia não-autorizada.

Irônico, Kakay fala na “justiça lotérica”. Traduzindo, as apostas sobre o teor das decisões no STF, conforme a turma.

Kakay fica em Fortaleza até a tarde desta  sexta-feira. Depois volta para Brasília.

 

Recomendado para você