Blog do Jocélio Leal

Honda usa o cordel para vender moto

Fortaleza – A Honda, mirando no  maior mercado da Pop 110i, investe na literatura de cordel.  A montadora encomendou à agência F.biz  e esta contratou os artistas pernambucanos Pedro Melo e Lucas Uellendahl. O primeiro capítulo já pode ser visualizado no Instagram Stories da Honda Motos Brasil (@hondamotosbr), a partir desta terça-feira (26/02).

A Honda afirma ser a primeira vez que a plataforma exibe um cordel em formato de websérie. A ideia inova a maneira como as histórias contadas e ilustradas pela arte da xilografia são exibidas na mídia digital, especialmente no ambiente mobile.

A japonesa tem oito mil vendedores distribuídos pelas 1,2 mil concessionárias da Honda Motos nacionalmente e fala em transformá-los em multiplicadores da campanha por meio de aplicativos de mensagens.

“A Pop é uma moto genuinamente brasileira, desenvolvida exclusivamente para o nosso mercado. Ela nasceu com o objetivo de levar mobilidade e praticidade para o dia a dia das pessoas a um custo acessível. Há 10 anos no mercado, o modelo encurtou as distâncias, principalmente nas regiões Norte e Nordeste do País. E para lançarmos a versão 2019, que recebeu novo sistema de freios e detalhes no design, utilizamos a literatura de cordel como inspiração. A campanha está tão poética quanto a transformação que a Pop proporciona na vida das pessoas, e estamos muito orgulhosos do resultado”, dedica em nota Odair Dedicação Junior, gerente de Marketing da Honda Motos.

A novela “Conquistando a Popzinha” insere a Pop no contexto central da história de Silvério, Breno Mariano e Joana Beatriz. Serão 8 episódios revelados semanalmente. Ao longo da trama, são mostrados todos os atributos que destacam o uso da Pop 2019 no Norte e Nordeste do Brasil – da praia ao sertão. Os freios CBS, o banco vermelho e a nova textura são as principais novidades.

Com o conceito “Se é Pop, é top”, a campanha será comunicada em todo o País por meio de mídia digital e mobiliário urbano, além de outdoor e ações de merchandising em emissoras locais.

As vendas se concentram no Nordeste (70%) e Norte (22,5%). Mas é o Sudeste que apresenta hoje os maiores índices de crescimento. Entre janeiro e agosto de 2018, os emplacamentos aumentaram 70% na Grande São Paulo e 27% em Belo Horizonte.

Recomendado para você