Blog do Jocélio Leal

Gol faz 8 voos com tripulação 100% feminina

O número de mulheres no comando das aeronaves da Gol cresceu 30% nos últimos 12 meses. Desde março de 2018, o universo feminino de comandantes e copilotos da companhia subiu de 30 para 39 (Fotos: Divulgação)

São Paulo – Neste Dia Internacional da Mulher, a Gol programou oito voos com tripulação 100% feminina. Tanto na cabine de comando como na de passageiros, seis profissionais tripulando cada um dos voos programados para os trechos da ponte aérea Rio-São Paulo na tarde desta sexta-feira (8). 

A Gol diz que o número de mulheres no comando das aeronaves da companhia cresceu 30% nos últimos 12 meses. Desde março de 2018, o universo feminino de comandantes e copilotos da companhia subiu de 30 para 39. No mesmo período, o número de homens nessas funções ampliou apenas 2,2%. Já as comissárias são maioria: quase 60%.

AVIANCA

No ano passado, em julho, a Avianca anunciava a formação da primeira turma de pilotos da história da aviação nacional composta exclusivamente por mulheres. Ao todo, 16 pilotas foram homenageadas, receberam o certificado.  A empresa falava em aumentar em 10% o número de mulheres no quadro de pilotas a cada ano. Contudo, o Dia da Mulher foi marcado pela repercussão do atraso de salários de funcionários – e funcionárias – da Avianca.

Na quinta (7), o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) se reuniu em uma assembleia e deu até quarta-feira (13) para que a empresa se posicione antes da convocação assembleia que pode levar à paralisação.

Ao portal G1 a Avianca informou em nota ter pagado na quinta-feira  (7) os salários de fevereiro para cerca de 1,4 mil funcionários, priorizando os que têm remuneração mais baixa. “Os demais foram comunicados sobre o atraso e a empresa trabalha para que seu pagamento aconteça o mais rápido possível”, disse a Avianca ao portal.

 

Recomendado para você