Blog do Jocélio Leal

Países da Europa fecham espaço aéreo para Boeing 737 MAX 8

O boeing 737 MAX passou a compor a frota da Gol em agosto do ano passado (Foto: Renata Viana)

Fortaleza – Agora complicou mais. Alemanha, França, Reino Unido e Áustria decidiram vetar o uso da aeronave Boeing 737 MAX 8 nos seus espaços aéreos. A medida foi anunciada na tarde desta terça-feira (12). Segundo a Bloomberg, a Agência Europeia para Segurança Aérea (Easa) estuda bloquear todos os voos com a aeronave na União Europeia. A medida ocorre 48 horas depois da tragédia com modelo semelhante na Etiópia, com a morte de 157 pessoas.  Decisão idêntica já fora foi adotada por Austrália, China, Indonésia, Malásia e Singapura.

No aeroporto da Madeira, em Lisboa, segundo o jornal Público, havia nesta terça-feira um Boeing 737 Max 8 retido, depois de o voo ter sido cancelado. O aparelho pertence à Norwegian Airlines. A proibição destes aparelhos no espaço aéreo francês, alemão e britânico implica na inviabilização de muitos planos de voo.  Na prática, rotas que ignorem países tão relevantes ficam inviáveis.

Na segunda-feira (11), a Gol anunciou a suspensão temporária do uso da aeronave.

As aeronaves que faziam voos de Fortaleza e Brasília para Orlando e Miami (EUA), operados com aeronaves Boeing 737 MAX 8, têm uso suspenso a partir desta segunda-feira, 11, pela Gol Linhas Aéreas. Leia aqui

Recomendado para você