Blog do Jocélio Leal

Coco babaçu para cimenteira da Votorantim

Galpão onde ficam armazenados os cocos comprados das comunidades de Sobral (Fotos: Divulgação)

Sobral (CE) – Desde setembro do ano passado, a Votorantim Cimentos, em Sobral (CE), tem comprado coco babaçu in natura, que antes era descartado, para substituir parte do combustível fóssil no forno.

Bom para os agricultores familiares da Serra da Meruoca, leiam-se os municípios de Meruoca, Alcântaras, Massapê e Sobral.

Segundo a empresa, entre as cinco comunidades que cultivam coco babaçu, foram negociadas, em um mês, 190 toneladas do fruto para a indústria, o que gerou uma renda efetiva de R$ 19 mil e compartilhada entre 40 beneficiários.

Este ano, um complexo de beneficiamento do coco babaçu será construído na região para as famílias intensificarem a produção de óleo e comercializarem para a indústria alimentícia e cosmética.

A oportunidade é oferecida por meio do Programa ReDes, uma iniciativa da Votorantim Cimentos, Instituto Votorantim e BNDES.

Recomendado para você