Blog do Jocélio Leal

Mayra destaca prioridade para médicos habilitados no Brasil

Mayra Pinheiro, titular da SGTES, no Ministério da Saúde: ela lutou contra a atuação profissionais sem diploma revalidado e agora trabalhou em edital com mais rigor técnico  (Foto: Alex Gomes -O POVO)

Brasília – A titular da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, a médica Mayra Pinheiro, disse ao Blog que o edital do Mais Médicos Brasil é o primeiro elaborado pelo novo governo, são priorizados a participação de profissionais formados e habilitados com CRM Brasil.

Ela revelou ao Blog: “Junto com esse edital iniciaremos com o Conselho Federal de Medicina uma série de visitas aos locais de exercício do programa em todo Brasil para avaliar as condições de atendimento a população e de exercício profissional”.

Quando presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará, Mayra liderou a resistência da categoria contra o exercício da medicina sem a devida revalidação dos diplomas no Brasil.

Era o caso dos médicos enviados pela Ditadura cubana, no convênio assinado com o Governo brasileiro. O lançamento agora do novo edital, no âmbito da Secretaria por ela assumida em janeiro, completa um ciclo. Há muita cobrança pelo atendimento das áreas descobertas após o rompimento do convênio por Cuba.

“Mais de 6 milhões de pessoas que vivem nas áreas mais vulneráveis do Brasil terão a assistência na Atenção Primária reforçada nesta nova etapa do Programa Mais Médicos”, disse Mayra.

Publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (13). O novo edital atende a cerca de 800 municípios com altos índices de vulnerabilidade. Estes poderão renovar a participação.

Áreas com históricas dificuldades de acesso – a exemplo das ribeirinhas, fluviais, quilombolas e indígenas – e que dependem do atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) são destaque, frisa Mayra.

Leia mais aqui

 

 

Recomendado para você