Blog do Jocélio Leal

Moro elogia atuação do Governo do Ceará, mas lembra que ajudou

Moro foi à audiência para falar sobre supostos vazamentos de mensagens (Foto: reprodução TV Senado)

Brasília – O ministro da Justiça, Sérgio Moro, mencionou durante audiência na Comissão de Constituição e Justiça do Senado a crise da segurança no Ceará, ocorrida no começo do ano. Moro voltou a elogiar a atuação do Governo do Estado no enfrentamento das facções que agem nos presídios com impactos na sociedade. Contudo, ponderou. Para ele, a despeito do mérito do Governo estadual, não se deve ignorar a atuação da Força Nacional e da Força de Intervenção Penitenciária, autorizadas por ele.

Moro afirmou existir correlação muito clara entre a retomada do controle dos presídios e a redução da criminalidade nas ruas do Estado. Ele lembrou ter transferido lideranças de presos, a pedido do Governo cearense, para presídios federais. Assim como em São Paulo, disse o ministro, onde houve a remoção de lideranças do PCC (facção criminosa nascida nas penitenciárias paulistas), “após 12 anos intocadas”.

O Ceará registrou redução de homicídios ap+os quebrar recordes. De acordo com estatísticas do Monitor da Violência do portal G1, sobre assassinatos em todo o Brasil, o Ceará foi o estado com maior diminuição de mortes no primeiro bimestre de 2019, seguido pelo Rio Grande do Norte.

Os dados apontaram que no primeiro bimestre o estado tevequeda de 57,9% no índice de mortes violentas. Nos dois primeiros meses de 2018, foram assassinadas 844 pessoas, enquanto no mesmo período de 2019 foram 355 mortes.