Layout

Ron Montilla firma parceria com coletivo Monstra

O Ron Montilla – pela primeira vez em cinco décadas –  troca sua embalagem e lança edição limitada, com lançamento exclusivo no Nordeste. Inspirada na cultura popular nordestina, a nova arte da garrafa foi criada pelo artistas cearenses que compõem o coletivo Monstra.

Mudar para atingir outros públicos é estratégia da marca, que pretende renovar sua imagem e agregar cultura ao rum mais vendido do Brasil. Na embalagem da edição exclusiva estão novas versões para personagens tradicionais e o famoso pirata ícone de Montilla. Com traços que lembram xilogravura (a gravura feita com uma matriz de madeira talhada), os desenhos ainda têm o frescor contemporâneo da arte urbana, em um mix de cultura pop e regional.

Weaver, um dos integrantes do coletivo Monstra, explica que dentre os elementos escolhidos estão personagens do Reisado, lendas e animais esculpidos em madeira por mestres artesãos do nordeste. São ícones conhecidos da cultura nordestina, como o Mateus, o Teju, o Bode, o Boi e a Cabaça.

“Queremos transformar a maneira como o consumidor percebe Montilla, sem contudo, perder nosso elo com o povo nordestino e sua cultura. Por isso, investimos neste projeto como forma da marca dialogar com seu público sob a ótica da arte, cultura e modernidade”, explica Patrícia Cardoso, gerente do grupo de bebidas standard da Pernod Ricard Brasil. Montilla Carta Cristal “Tesouro do Pirata” chega às gôndolas dos supermercados no Nordeste, a partir de janeiro, pelo valor de R$ 15,90.

 

Bottle Parade – Para marcar o lançamento da edição especial no Nordeste, a marca investirá em reproduções gigantes das garrafas especiais, que vão ser distribuídas pela capital cearense. Alcançando dois metros de altura, cada escultura será transformada em uma obra pintada pelo coletivo Monstra e se integrará, em pontos de grande circulação, à paisagem da cidade. A ação foi batizada de Bottle Parade. Serão utilizados, também, materiais em pontos de venda emídia exterior, como ponto de ônibus, outdoors e frontlights.

 

 

 

Coletivo Monstra – Formado há três anos, Monstra é um grupo de artistas do Ceará conhecido por fazer intervenções urbanas, histórias em quadrinhos e exposições. Com influências do underground e da cultura pop globais, mas sem perder as referências locais, o coletivo atua tanto no cenário independente quanto no circuito de arte contemporânea. Misturando diferentes estilos, suas ações e obras de arte chamam atenção perla força gráfica e pelos conceitos inusitados. Os oito integrantes do Monstra são: Weaver Lima, Franklin Stein, Ise Araújo, Jabson Rodrigues, Everton Lima, Mychel TC, Lui Duarte e Saulo Tiago.

Recomendado para você