Layout

Natura adere aos princípios de empoderamento feminino da ONU Mulheres e do Pacto Global

A Natura assinou hoje, no Dia Internacional das Mulheres, sua adesão aos Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs, na sigla em inglês), promovidos pela Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e Empoderamento das Mulheres (ONU Mulheres) e pelo Pacto Global das Nações Unidas.

 

Ao tornar-se signatária dos sete princípios empresariais que buscam delegar poder às mulheres no ambiente de trabalho, no mercado e na comunidade, a Natura reforça o seu compromisso com a equidade de gêneros. A multinacional brasileira  possui uma estratégia corporativa para o tema, com a meta pública de ter 50% dos cargos de liderança (diretoria e acima) ocupados por mulheres até 2020. O índice atual está em 32% no Brasil e em 27% considerando todas as operações da marca Natura.

 

Para garantir que o percentual seja alcançado, os processos de seleção e promoção foram revistos de modo que toda seleção para cargos de liderança sempre tenha ao menos uma mulher entre os candidatos finalistas. A equidade salarial entre gêneros também é uma meta assumida pela empresa

 

“Na Natura, estabelecemos compromissos públicos para o empoderamento feminino, chancelados pela alta liderança da empresa. Isso é fundamental para que a cultura corporativa avance no tema e assegure que as políticas da empresa sejam sensíveis às questões de gênero”, diz Fatima Rossetto, diretora de desenvolvimento e educação da companhia.

 

A Natura publica uma série de indicadores segmentados por gênero, como dados sobre o número de colaboradores homens e mulheres, divididos por nível hierárquico, bem como a proporção dos salários das mulheres em relação aos homens, por categoria funcional.

 

Para as mulheres que desejam ser mães, a Natura tem uma série de iniciativas que buscam facilitar a adaptação da mulher ao local de trabalho e a conciliação de sua vida particular com a profissional. Há 25 anos, a empresa oferece berçário para filhos de colaboradoras, em parceria com a Ceduc. Crianças de até 3 anos são acolhidas no espaço, onde recebem todo o cuidado necessário e participam de atividades educativas. A companhia também oferece licença maternidade estendida, de 6 meses, prática adotada hoje por somente 10% das empresas brasileiras, segundo dados da Receita Federal.

 

Líder no setor de venda direta no Brasil, a Natura reúne hoje 1,9 milhão de Consultoras, em oito países. Cerca de 97% das consultoras são do sexo feminino e, ao comercializar os produtos e serviços da marca, essas mulheres geram uma importante renda para suas famílias. O rendimento das Consultoras Natura é um importante fator de autonomia e autoestima para elas, ampliando sua voz na sociedade. Em sua parceria com a Natura, as consultoras recebem treinamentos e desenvolvem suas habilidades de relacionamento e empreendedorismo.

 

Abaixo, os Princípios de Empoderamento das Mulheres:

 

1: Estabelecer uma liderança corporativa de alto nível para a igualdade entre gêneros

2: Tratar todos os homens e mulheres de forma justa no trabalho – respeitar e apoiar os direitos humanos e a não discriminação

3: Assegurar a saúde, a segurança e o bem estar de todos os trabalhadores e trabalhadoras

4: Promover a educação, a formação e o desenvolvimento profissional para as mulheres

5: Implementar o desenvolvimento empresarial e as práticas da cadeia de abastecimento e de marketing que empoderem as mulheres

6: Promover a igualdade através de iniciativas comunitáras e de defesa

7: Medir e publicar relatórios dos progressos para alcançar a igualdade entre gêneros

 

Recomendado para você