Layout

Advance é a nova agência global da multinacional Angola Cables

 

A Advance Comunicação acaba de ganhar super reforço na sua carteira de clientes, com a conquista da conta global de comunicação e branding da Angola Cables, multinacional africana de Telecom, que se prepara para inaugurar seu novo Data Center em Fortaleza, no dia 16 de abril.

Com a entrada em operação do projeto, instalado na Praia do Futuro, e com a construção de dois cabos submarinos de fibra óptica, a empresa reafirma a consolidação de Fortaleza como um HUB tecnológico de grande referência na América Latina e o segundo maior do mundo, possuindo ligações diretas de um único fornecedor às Américas, África, Europa e Ásia.

 

“Estamos muito felizes com a conquista da conta e por fazer parte desse momento de grande transformação para a empresa, que acaba de concluir sua rodada inicial de investimentos no país. Apesar de grande e de ter o Brasil como seu segundo maior mercado, a Angola Cables ainda é pouco conhecida por aqui, nos dando a missão de integrar toda sua comunicação e de criar uma nova identidade, para que ela seja percebida como uma marca global”, explica Guilherme Colares, sócio-diretor da Advance.

 

Para a Angola Cables, a escolha da Advance vem como uma forma de reforçar, ainda mais, o compromisso da Angola Cables de estabelecer uma conexão mais profunda com o Brasil e o mundo, conforme aponta Samuel Carvalho, diretor de Marketing Global da companhia. “A Advance é, hoje, nossa parceira, nosso braço estratégico e criativo de comunicação, que nos dá capacidade e intervenção para as nossas operações no Brasil (São Paulo), em Angola (Luanda), África do Sul. Somos cada vez mais cearenses, cada vez mais brasileiros, e estamos de olho no futuro.”, ressalta.

 

Em Fortaleza, o investimento realizado pela empresa é considerado pelas autoridades locais como estratégico para o desenvolvimento digital e econômico da região. Estima-se que, com a chegada da Angola Cables, possa haver um aumento de R$ 1,2 bilhão no PIB do Ceará em 2055, e um PIB acumulado de R$ 22,3 bilhões no fim do período. Além disso, a operação da empresa no país criará cerca de 637 empregos, diretos e indiretos.

Recomendado para você