Leituras da Bel

Uma escritora incômoda

Detalhe do livro

Elena Ferrante é uma escritora profunda. São poucas as informações confirmadas sobre a identidade da italiana e seu rosto nunca foi visto. São muitas as “teorias da conspiração” que dizem ter desmascarado a autora que mais chacoalhou o mercado editorial na última década. O verdadeiro nome de Ferrante, entretanto, parece não importar para a legião de fãs fervorosos, que acompanha o lançamento de novos títulos mês após mês. Em março, chegou ao Brasil a tradução de um dos primeiros livros publicados pela escritora na Itália, Um Amor Incômodo, lançamento da Intrínseca.
É um novo sucesso de vendas – como todos os títulos que carregam o nome Elena Ferrante: Dias de Abandono, o livro infantil Uma Noite na Praia, A Filha Perdida e, claro, a tetralogia Napolitana, que reúne as obras A amiga genial, História do novo nome, História de quem foge e de quem fica e História da menina perdida – todas com tradução para o português. A identidade desconhecida – que tanto intriga e revolta a mídia internacional – não parece ser um empecilho para o público brasileiro.

Assim como outros livros da escritora, Um Amor Incômodo tem as relações familiares como ponto de partida. Delia precisa enterrar a mãe, Amalia, que morre afogada em circunstâncias suspeitas. Em poucas horas, a protagonista encara um luto esvaziado e vê os fantasmas do passado retornando. Amalia sofreu violência doméstica até ser expulsa de casa com as filhas. Entre os ciúmes do marido estava Caserta, um jovem galante que se transformou num idoso assediador. Formando a tríade de desequilíbrio havia ainda o tio de Delia, Antonio, personagem decisivo para o desenrolar da trama.

O livro tem escrita similar aos outros produtos de Ferrante. A protagonista realiza uma busca decisiva para o futuro, mas pautada em visitas ao passado. E cada memória de Delia é apresentada ao leitor com espectro de mistério e volúpia. Ao fim, entendemos que há muitas fragilidades na relação “mãe e filha”. E a verdadeira face de Elena Ferrante, ao fim, não tem tanta importância. O poder descritivo e as narrativas são as melhores identidades que a autora pode nos fornecer.

Serviço
Um amor incômodo
Elena Ferrante
Editora Intrinseca
Quanto: R$ 34,90

Recomendado para você