Leituras da Bel

Livraria Cultura e Biblioteca Municipal Dolor Barreira irão receber prévia da Flac 2018

Julián Fuks

Por Teresa Monteiro (teresamonteiro@opovo.com.br)

Reunindo oficinas, contação de histórias e mesas de debate com a presença de autores locais e nacionais, a Flac 2018 – Festa Literária do Ceará terá seu lançamento em Fortaleza em dois locais: no sábado, 2 de dezembro, às 16 horas, a programação acontece na Livraria Cultura e, na segunda-feira, 4, desdobra-se na Biblioteca Pública Dolor Barreira. O evento é apoiado pela Secretaria da Cultura (Secultfor).

A Flac, que até o ano passado aconteceu no município de Aquiraz com o nome de Fliq, transfere-se agora para Fortaleza por vários motivos. “Nós fizemos, desde 2013, por uma sucessão de coincidências. Tenho um grupo de amigos que é de Aquiraz e, até 2016, tivemos o apoio da Secretaria de Educação. Trouxemos autores internacionais e foi muito exitoso. Com a mudança de governo, a gente perdeu um pouco essa ajuda”, explicou Aurea Figueira, idealizadora da festa literária ao lado de Cristina Saboia.

Com a necessidade de expandir para outros municípios, foi chegada a vez de Fortaleza. “A próxima será na Capital, mas poderá ser em outros municípios, desde que estes estejam dispostos a acolherem o evento. Esta é a primeira e única nos moldes, por exemplo, da Flip (que acontece anualmente em Paraty/RJ) e as coisas acontecem, os autores interagem e, o que é mais importante, sem estandes. O único comércio é o da livraria que comercializa os autores presentes”, completou.

Na Livraria Cultura, a programação prévia da Flac terá início com os jovens da Rede Cuca, seguido de mesa com a presença das escritoras Socorro Acioli e Marília Lovatel para debater o tema “À procura do romance perfeito”. No Espaço Infantil da livraria, Tâmara Bezerra será a responsável pela contação de histórias. Duas outras mesas completam a tarde/noite do evento: “Relatos de uma guerra particular”, com Luís Marra; e “Identidade em Formação”, com o paulistano Julián Fuks.

Luís Marra é médico psicanalista e autor de Crônicas do Crack (2017), no qual relata – por meio de depoimentos estilizados, crônicas e contos – o cotidiano dos usuários dependentes de droga (em especial, o crack) a partir de anos de pesquisa e convívio na região conhecida como ‘cracolândia’. Julián Fuks, por sua vez, é reconhecido como um dos 20 melhores jovens escritores brasileiros e, em 2016, foi ganhador do Prêmio Jabuti – na categoria romance – por A Resistência (Companhia das Letras).

Flac

Na Biblioteca Municipal Dolor Barreira, às 9h30min, a programação de lançamento da Flac 2018 contará novamente com a presença de Luís Marra. Ao final, 11 horas, haverá Oficina de Escrita com Nelson Lourenço.

“Tive muita sorte na curadoria de todas as edições da feira. No ano passado, esteve à frente a Socorro Acioli e agora, para 2017/2018, contaremos com o Jáder Santana (editor do O POVO). E isso faz toda a diferença também porque, além de jornalista, ele é um leitor contumaz, inclusive de literatura latino-americana, que casa com o tema de 2018”, conclui Aurea. A Flac 2018 irá abordar o tema “Latinidade – Memórias de um Continente”. A festa está prevista para acontecer entre os dias 11 a 14 de abril.

Programação 
DIA 2 (SÁBADO)
14h – Abertura: “Da margem ao centro”, com jovens da Rede Cuca (auditório)
16h – Mesa 1: “À procura do romance perfeito”, com Socorro Acioli e Marília Lovatel / Mediação: Marina Solon (auditório)
17h – Contação de histórias “Fabulário do continente”, com Tâmara Bezerra
(Espaço infantil)
18h – Mesa 2: “Relatos de uma guerra particular”, com Luis Marra / Mediação: Camila Ricarte (auditório)
20h – Mesa 3: “Identidade
em formação”, Julián
Fuks / Mediação: Henrique Araújo (auditório)
Local: Livraria Cultura

DIA 4 (SEGUNDA)
9h30min – Debate:
“Relatos de uma guerra particular”, com Luis Marra / Mediação: Nelson
Lourenço / Participação especial: Felipe Simas
11h – Oficina de Escrita,
com jornalista e escritor Nelson Lourenço
Local: Biblioteca Municipal Dolor Barreira

Serviço
Lançamento da Flac 2018 – Festa Literária do Ceará
Quando: sábado, 2, às 16 horas, na Livraria Cultura (av. Dom Luís, 1010 – Meireles); e segunda-feira, 4, às 9h30min, na Biblioteca Municipal Dolor Barreira (av. da Universidade, 2572 – Benfica)
Programação gratuita
Outras informações: www.facebook.com/flacceara

Recomendado para você