Leituras da Bel

Projeto 52 Desapegos da Bel: uma estante de desejos

453 1

Oi, gente!

Minha redação jornalística coíbe as postagens em primeira pessoa. Mas eu não poderia contar a história que desejo de outra forma. Na primeira semana do ano comecei um projeto chamado 52 Desapegos da Bel. A ideia é desapegar de um livro a cada semana. Sim, eu também fiquei espantada ao descobrir que o ano tem 52 semanas… Desde esse momento, tenho deixado livros em lugares públicos, em pontos de livros livres ou entregado como presentes para amigos queridos.

É um processo intenso. Quando resolvi montar o projeto, já separei alguns livros das estantes. No plural mesmo. Tenho uma estante de livros no meu apartamento e duas estantes na casa da minha mãe. É um absurdo de tantos volumes. São exemplares que comprei, ganhei, peguei emprestado e nunca devolvi (que feio!), puxei da estante da minha mãe (sim, os livros dela ficam separadinhos). O fato é que é livro pra caramba.

Foto: Sara Maia

Eles são incríveis. Eu sei. Eu li vários ao longo da vida e quero reler alguns. Mas não faz mais sentido carregar tantos pesos. Eu conheço tantos leitores, poxa! E as pessoas têm carência de livros bons, de livros que movem a alma da gente. Continuar acumulando tantos exemplares não tem mais sentindo na minha vida. Eu decidi que 2018 será um ano mais leve, será um ano para carregar menos pesos, menos angústias.

Estante de desejos e de desapegos

Agora, tenho escolhido “a dedo” os livros que serão colocados no projeto. Olho para as prateleiras e pergunto “eu gostei dessa leitura o suficiente para manter esse livro perto?” e “eu tenho a intenção de reler essa história?”. Eu não estou dizendo que devemos detonar nossas coleções. Existem os livros que amamos hoje e que vamos amar por muito tempo. Existem os livros de poesia, que vez por outra são acessados e que merecem permanecer bastante na estante. Existem os livros que carregamos desde a adolescência – como meus sete incríveis volumes de Harry Potter!

Mas desapegar tem feito um bem danado pra minha alma. E eu tenho mais tempo de fazer leituras, pois não preciso passar tanto tempo limpando livros! Eu espero que vocês, queridos leitores e queridas leitoras, encontrem algum exemplar do projeto por aí. Eles estão etiquetados com um adesivo (veja abaixo), marcados com carimbos e furados com estrelas e corações. No instagram, o projeto ganhou a tag #52desapegosdabel. Você pode acompanhar os desapegos a cada semana.

E desejo também que o 2018 de vocês seja tão leve quanto o meu está sendo!

Arte de Lucas Jansen com ilustração de Jéssica Gabrielle Lima

 

Recomendado para você