Leituras da Bel

Leia o texto ‘O dia seguinte’, da escritora Kah Dantas

694 4

Por Kah Dantas*

 

No dia seguinte, acordou sem sentir coisa alguma. Nada. Absolutamente nada. Era um vazio povoando o peito, um sufoco de leve, e quando ela apalpou as omoplatas, os seios e a barriga, teve certeza: não havia mais nada. Estranho.

O amor profuso que a sufocara horas antes não estava mais lá. E o desaparecimento daquele sentimento e de suas sensações, que ela julgava tão seguros, foi um verdadeiro assombro.

Ilustração: Fabiano Seixas Fernandes

Os resultados de sua inesperada liberdade afetiva foram imediatos: além da incrível leveza proporcionada pela indiferença que agora substituía suas aflições amorosas, seus olhos eram outros. Ela podia ver todas as coisas! As outras pessoas e seus mundos, os caminhos diversos a serem seguidos, os ruídos, as cores e os sonhos flutuantes, tudo que antes andava ignorado e acinzentado, porque para ele constituíam ameaças ao seu monopólio amoroso.

Um par de passos e ela parou um instante, medrosa. Eram mensagens e ligações sem fim, no meio de uma agonia vibratória que parecia urgente e… sincera?

Então olhou para os lados, respirou fundo e certificou-se. Vasculhando o peito, as batidas e o ritmo do seu sangue que caminhava dançante, não mais corria, teve certeza e respirou aliviada. Não havia mais nada. Estava livre, estava a salvo.

E decidiu que todos os dias, dali em diante, seriam como o dia seguinte.

Kah Dantas

É cearense, professora e escritora. É autora do livro Boca de Cachorro Louco, tem alguns contos publicados e premiados em concursos literários e apresenta seus textos nos canais intitulados Conta, Kah!

Contato
Instagram @contakah
Tumblr https://contakah.tumblr.com/
Youtube https://www.youtube.com/channel/UC5OtJod0RzzG9KrQCaYcJ2Q

Fabiano Seixas Fernandes

É ilustrador, tradutor e poeta. Fundador da tradizer: serviços de tradução. Entre 2012 e 2015, publicou o blogue pequeninos (poesia autoral); publica o podcast quase uma Bethania (recitação de poesia). Traduziu poemas de John Milton para o português (L’Allegro, Il Penseroso, excertos de Comus e Paradise Lost).

Contato
tradizer: https://tradizer.com/ e https://www.facebook.com/tradizer/
quase uma Bethania: https://soundcloud.com/fabiano-seixas-fernandes
pequeninos: https://pqnns.blogspot.com.br/
Instagram: @fabiano.seixas.fernandes

 

Recomendado para você