Leituras da Bel

Selo Editorial Aliás completa um ano e promove Sarau Mulheres do Mundo no TJA

O Selo Editorial Aliás – formado por nove mulheres para publicar mulheres – vai promover o Sarau Mulheres do Mundo na próxima sexta-feira, 19, no Theatro José de Alencar. O evento começa às 18 horas e tem entrada gratuita. O intuito é explorar a obra de escritoras contemporâneas e criar conexões entre as obras. Serão lidos textos de Nina Rizzi, Rupi Kaur, Angélica Freitas, Mel Duarte e de outras mulheres. O sarau, que acontecerá no foyer do teatro, é comemorativo ao primeiro ano de atividades do Selo Editorial Aliás.

Lançamento do Aliás, em 2017 (Foto: Bruna Sombra)

Sarau

Aliás é um selo editorial independente, que surgiu em 2017 com o objetivo de publicar livros, zines e outras publicações artesanais nos mais diversos gêneros, com ênfase na literatura e nas artes visuais. A proposta inclui a publicação de mulheres (cis e trans) nas conexões produtivas do livro e da literatura, buscando viabilizar a inserção de autoras (inéditas ou não) com temáticas que valorizem o papel fundamental da mulher na construção e na potencialidade de territórios mais livres, justos e igualitários.

Para o selo cada mulher é como uma pedra. Isto é, as sedimentações vividas transformaram as mulheres em rochas. Potências absurdas. Assim, o Selo Editorial Aliás será como um estilingue que lançará as suas obras, dando atenção e cuidado ao projeto gráfico da proposta enviada, a fim de entregar ao público uma obra de qualidade.

Serviço
Sarau Mulheres do Mundo
Comemoração pelo aniversário de um ano do Selo Editorial Aliás
Onde: Foyer do Theatro José de Alencar (Rua Liberato Barroso, 525 – Centro)
Quando: sexta-feira, 19 de outubro
Horário: 18 horas
Entrada gratuita

Recomendado para você