Leituras da Bel

Confira o vídeo-poema “Viagens insólitas”, criação de Luana Braga

Por Luana Braga*

Texto imagens e edições de Luana Braga

 

Viagens Insólitas

Mapas inexistentes?

Desbravo mares de palavras
enquanto escrevo poemas
sobre caminhos incertos:

só sei que tudo o que quero
é tudo.

***

Luana Braga

Nascida em Fortaleza, Luana escreve poesias desde os seis anos de idade, quando teve um de seus poemas publicados no jornal. Desde então, só tem crescido nos seus escritos, tendo culminado num vídeo-poema, “Carnaval em mim”, de 2018 (Maré Alta Filmes), e numa música, “Samba do Desengano”, de 2018 (parceria com Joyce Custódio). Apresenta-se regularmente em saraus pela cidade de Fortaleza, como o Sarau da Lamarca (na Livraria Lamarca), Sarau da Taipa (no Pirambu) e Sarau da Gentilândia (Gentilândia Bar). É arquiteta. Possui uma mente artisticamente fértil, observa o mundo encantada com tudo e fala com o corpo todo. Faz café forte e não consegue ficar parada, mesmo se o seu pé estiver quebrado. Habita o mundo com Olivia, sua filha, e acredita que seu Marte em Capricórnio e seu Meio-do-Céu em Áries lhe impulsionam o tempo todo. Publica suas ousadices em fotogramas poéticos ressignificados. Luana Braga é a própria insólita viagem (@insolitaviagem no Instagram).

Recomendado para você