Leituras da Bel

Leia o poema “cantiga de abraçar passarinho”, do escritor cearense Bruno Paulino

Por Bruno Paulino*

 

Ilustração de Jéssica Gabrielle Lima

cantiga de abraçar passarinho
– bruno paulino –

orvalhei adoudamente o sol
como um peixinho de aquário
soletrei com resistência: liberdade!
sonhei uma viagem pelo azul
sobrevoando a limpidez,
clara e casta, de um rio imorredouro;
comi fruta madura num pomar de goiaba
cantei franciscanamente louvores
ao divino mistério da criação
feito um menino malino
abracei com pureza o amor
nas asas de todos os passarinhos.

 

***

Bruno Paulino é cronista e aprendiz de passarinho

 

Recomendado para você