Leituras da Bel

Leia “contemplação”, poema do escritor Bruno Paulino

contemplação
-bruno paulino-

Arte de Antônio LaCarne

de deus tenho saudades
da música silenciosa
da paz do céu azul

de deus tenho saudades
da face desconhecida
do amor absoluto

de deus tenho saudades
da luz resplandecente
da redenção dos pobres

de deus tenho saudade
sou instante
entre duas eternidades

***

Bruno Paulino

É cronista e aprendiz de passarinho

Antônio LaCarne

É cearense, formado em Letras Inglês pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Autor de Elefante-Rei: Poemas B (CBJE, 2009), Salão Chinês (Patuá, 2014); Todos os poemas são loucos (Gueto Editorial, 2017) e Exercícios de fixação (AR Publisher, 2018). Participou das antologias “A polêmica vida do amor” (Oito e meio, 2011) “A nossos pés” (7Letras, 2017), “Golpe: antologia-manifesto” (Nosotros Editorial, 2017) e “Rotatórias” (Galeria Sem Título Arte, 2018).

***

Você também pode gostar de:

Recomendado para você