Leituras da Bel

Madame Satã escreve para o Leituras da Bel: TRANSESSÊNCIA

TRANSESSÊNCIA
— Por Madame Satã

Ilustração de Ezequiel

TRANSESSÊNCIA
pois dentro de mim tudo é livre leve solto
há em mim uma correnteza que flui
frenética
meu corpo é uma barragem
ineficiente
a correnteza transcende
escorre feito o suor do meu peito

***

Madame Satã

Rapper e poeta. Utiliza-se da arte como ferramenta para (re)existir e TRANSmitir presentes no seu cotidiano, seja na poesia, no RaP ou ocupações. Desde 96. Mil grau de revolta.

Ezequiel

Foi criado por uma família matriarcal. No seio de mulheres fortes e independentes se viu incentivado para diferentes linguagens artísticas. Se entende como desenhista desde 2015, quando ilustrou o livro Cuidado! É frágil? da poeta Tânia Castro (sua mãe). Cursa o ensino médio e, aos 16 anos, está mais disposto do que nunca a seguir como artista. É frequentador da Biblioteca Comunitária Papoco de Ideias.

Leia mais de Madame Satã clicando aqui!

***

Você também pode gostar de:

Recomendado para você