Meu Negócio

Mídias sociais e sua força de alcance: entenda como utilizá-las

Foto: Free-Photos/Pixabay

Veja como as redes sociais podem atingir diretamente seu público-alvo e alavancar seu negócio

Nos dias atuais, é impossível estar alheio às mídias sociais. A sua força é tanta que, ao invés de ser apenas um meio de diversão, elas passaram a fazer parte do mundo empresarial, funcionando como trampolim para aqueles que querem evidenciar seus negócios. No Brasil, 116 milhões de pessoas navegam na internet, conforme pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2016. A fatia representa cerca de 60% da população nacional.

Sabendo da força das redes, empresas investem nas mídias digitais para alavancar seus negócios, o que requer planejamento e organização. Como entrar nesse meio? Ao que se deve atentar? Como atingir o público-alvo nesse tipo de plataforma? De acordo com Leonardo Leitão*, consultor de inovação e diretor da Leme Digital, de início, é preciso fazer uma pesquisa, perceber o cenário atual, entender como e quem é o seu cliente, o interesse do seu público e onde ele está. Após isso, vêm estratégias para saber quais canais utilizar e como chegar até ele.

O consultor afirma que alguns empreendedores só usam as redes sociais de maneira pessoal, sem perceberem que introduzir a empresa nessa plataforma cria um canal de relacionamento direto com o cliente. “Estar nesse meio facilita o diálogo com o público-alvo. Não adianta estar em todas as redes sociais, e sim saber onde seu cliente está”, afirma Leitão.

A segunda dica é sempre se atentar à alimentação das redes sociais – segundo dados da Social Media Trends, 65,2% das empresas publicaram apenas seis vezes por semana em redes sociais em 2017. “O importante não é quantidade e sim qualidade. Curtidas não resultam em venda. O que as geram é empatia, o cliente identificar-se com o produto ou a marca e consumir”, declara. Depois de realizada a pesquisa, identificado qual o público-alvo do seu negócio, onde ele está e entender que essa plataforma precisa ser alimentada constantemente, é hora de utilizar-se do poder de alcance da rede. Leonardo finaliza dizendo que não adianta trabalhar somente de forma orgânica e que há necessidade de se ter um mínimo de investimento nas redes sociais.

*Leonardo Leitão é consultor do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Ceará (Sebrae/CE) e especialista em marketing digital

Recomendado para você