Meu Negócio

Como ter o controle das suas finanças?

Foto: FirmBee/Pixabay

Entenda a importância de economizar e quais os benefícios de administrar o próprio dinheiro

Você sabe a importância de economizar cada centavo? Como isso pode impactar no cotidiano da sua empresa? Como um empresário dono de um grande negócio e um microempreendedor podem obter o controle de seus gastos? Ter conhecimento e, e principalmente, saber pôr em práticas essas questões faz toda o diferença para quem deseja ter tranquilidade na hora de fechar as contas.

Muitas vezes, pensando apenas nos números finais, o empresário pode trocar os pés pelas mãos e não saber o que fazer na hora de se organizar para controlar suas finanças. A falta de informações corretas pode acarretar no descontrole sobre o próprio negócio. E o que fazer para sair dessa situação? De acordo com o presidente do Conselho Regional de Economia Ceará (Corecon/Ce) e professor da Universidade Estadual do Ceará (Uece), Lauro Chaves, fazer um planejamento financeiro é um dos meios de livrar-se das dívidas ou evitá-las.

Para quem deseja começar a organizar seus negócios, o professor diz que o empresário precisa definir a metodologia usada para controlar as finanças. “As micro e pequenas empresas podem buscar um software gratuito para controlar as movimentações financeiras, já as médias e grandes devem buscar sistemas próprios”, pontua.

Para os microempreendedores e autônomos, que não têm uma renda fixa e não sabem o quanto vão ganhar no fim de cada mês, Lauro aconselha que seja feita uma reserva sólida para enfrentar um possível mês de baixa. Em um mês com poucas vendas, esse trabalhador, com o planejamento e uma reserva, evita as dívidas e pode ficar tranquilo quanto ao seu pequeno negócio, afirma.

O professor afirma que o primeiro passo a ser tomado é ter um sistema para registrar tudo o que entra e o que sai: “anotar o que se vende e o que se compra, ter conhecimento do seu estoque facilita a tomada de decisão”, acrescenta. Uma vez com o sistema já implantado, informações sobre o histórico financeiro são obtidas com mais facilidade. “Isso ajuda na hora de apurar e saber como o mês foi fechado, além de facilitar a análise do resultado, do lucro, e saber quais setores cresceram, servindo de base para planejar o futuro”, relata.

Ter controle sobre as finança gera uma série de benefícios. O primeiro é a redução dos riscos pois melhora a rentabilidade da empresa. Isso ajuda a antecipar uma ordem de eventos que pode trazer prejuízos: “ter uma margem de precisão para reverter o quadro e aumenta a probabilidade de sustentabilidade a longo prazo. A empresa só tem a ganhar”, afirma Lauro.

Fazer um planejamento ajudará o empresário a ter o controle de cada centavo e isso, por fim, resultará em benefícios a longo e curto prazo para o seu negócio.

Dicas
• Apurar o saldo inicial, que envolve todo o recurso em caixa.
• Elaborar um planejamento de vendas, saber quanto vende o preço.
• Fazer um planejamento de cobrança, “uma coisa é vender outra é receber”, diz Lauro.
• Ter o planejamento da produção indústria ou comércio com compra e estoque.
• Definir prazo de compra e prazo de entrega com o fornecedor.
• Plano pessoal, investir em capacitação e plano pessoal.
• Investir em pessoas e sistemas, implantar uma cultura de disciplina ao planejamento e gestão.

+Saiba mais:

Recomendado para você