Meu Negócio

Hackathon cria projetos que auxiliam gestão financeira para MEIs

Foto: Divulgação

Realizado entre os dias 22 e 24 de maio. Hackathon Sebrae uniu desenvolvedores para criar inovações voltadas para a gestão financeira dos MEI

Por meio do desenvolvimento de novas tecnologias, o mundo do empreendedorismo se beneficia com inovações que permitem que práticas sejam aperfeiçoadas. Uma das estratégias atuais que ganha força é o hackathon, modalidade de competição que coloca diversas equipes de programadores para desenvolverem uma solução, com tema específico determinado.

Com foco em melhorar a gestão de finanças dos Microempreendedores Individuais (MEI) do Ceará, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Ceará (Sebrae/CE) realizou o Hackathon Sebrae, entre os dias 22 e 24 de maio. No evento, quatro equipes se dividiram com o objetivo de criar uma nova aplicação que pudesse auxiliar os MEI a aprenderem melhor como gerir as finanças de seus negócios.

De acordo com Rafael Albuquerque, articulador da unidade de gestão do relacionamento com o cliente do Sebrae/CE, o evento reuniu programadores, designers e profissionais da área de negócios. O projeto surgiu a partir de uma pesquisa do Sebrae que revelou que 77% do público de MEI não fez qualquer capacitação na área financeira. Dessa forma, o resultado final dos projetos selecionados pelo hackathon visa trazer ferramentas que possam auxiliar no aprendizado financeiro dos MEI e que será disponibilizado no site do Sebrae.

“A pesquisa mostra que uma fragilidade do empreendedor nessa temática, a necessidade do Sebrae dar uma contribuição mais efetiva”, conta Rafael. Os critérios avaliados foram qualidade técnica, viabilização, conceito da inovação, demanda do mercado pelo produto e impacto que essa solução poderá gerar na comunidade, explica o articulador. Das 12 ideias apresentadas no hackathon, três propostas foram selecionadas. O próximo passo é a definição de como se dará cada projeto, o que deve ocorrer em um prazo de 90 dias, diz Rafael.

O articulador detalha que a iniciativa foi pioneira no Sebrae/CE, pelo aspecto de unir a comunidade local de desenvolvedores para criarem uma inovação em parceria com o Serviço. “De modo geral, vai ter a possibilidade, para aqueles que não tem uma gestão de suporte de sistema ou uma ferramenta. Possibilita que ele utilize e veja indicadores que podem gerar alguma dificuldade no seu negócio. A proposta é que o Sebrae disponibiliza isso no nosso portal de atendimento.”

(+) Clique aqui para saber mais sobre MEI

GUIA DE FINANÇAS PARA NEGÓCIOS

GUIA DE FINANÇAS PESSOAIS

GUIA DE GESTÃO DE PREÇOS

Recomendado para você