Meu Negócio

Público-alvo: a definição que pode alavancar sua empresa

Foto: zoranm/GettyImages

Definir seu público-alvo não só estabelece estratégias mais eficientes de abordagem, como permite alcançar nichos alinhados com seu negócio

No momento de definir as estratégias de marketing e abordagem do seu negócio, saber direcionar os esforços de forma apropriada é definitivo para o sucesso de uma campanha. Dessa forma, a percepção do público-alvo por parte do empreendedor precisa ser feita ainda nos primeiros estágios da empresa, para que não haja desperdício de investimento.

Na visão da empresária do segmento de cosméticos Danielle Brasil*, é comum que a análise do público de cada negócio seja feita somente após algum tempo no mercado. A empresária, porém, avalia a prática como um “retrabalho”, pois desde as estratégias de marketing até os preços podem prejudicar o alcance da empresa, caso não estejam alinhados à clientela.

Entre os benefícios de direcionar os esforços para o público-alvo adequado, Danielle explica que o maior é a assertividade das decisões. “Hoje, no varejo, essa assertividade é decisiva, você não pode comprar um produto que não vende. Não pode colocar um produto inacessível pro seu público-alvo.”

Para os gestores que já estão no mercado e buscam formas de entender o público, é importante avaliar a quais nichos pertencem seus produtos e clientes. Para tanto, a realização de pesquisas se mostra uma ferramenta básica, mas que deve receber investimentos para que o negócio alcance melhores resultados.

Análise de contexto
Fundadora da marca de cosméticos Feminicis, Danielle explica que a percepção do seu público-alvo a auxiliou a trabalhar de forma mais consciente nos diferentes bairros de Fortaleza. No Centro, por exemplo, a estratégia de colocar vendedores na saída da loja para atrair clientes funciona, enquanto a outra sede, localizada na avenida Dom Luís, possui uma abordagem diferente.

“Trabalho sempre direcionando para o perfil do público. Se trabalho com público formal, a minha comunicação é formal, porque exigem isso de mim. No Centro, o público é despojado, é extremamente popular”, comenta. Essas práticas geram identificação com os clientes, que têm suas expectativas alcançadas.

*Danielle Brasil é consultora do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Ceará (Sebrae/CE)

Saiba mais sobre como definir seu público-alvo

GUIA DE FINANÇAS PARA NEGÓCIOS

GUIA DE FINANÇAS PESSOAIS

GUIA DE GESTÃO DE PREÇOS

Recomendado para você