Meu Negócio

Tipos de fornecedores: encontre o ideal para seu negócio

Imagem mostra uma sala de reunião com diversas pessoas. Ao centro, um homem branco de óculos aperta a mão de uma mulher loira, como firmando uma parceria entre dois fornecedores

Foto: Rawpixel/Pixabay

Existem fornecedores de diferentes estilos e vertentes. Por isso, conheça aquele que se encaixa melhor com sua empresa

Em uma relação comercial, é importante conhecer os dois lados. Logo, chegou a vez de falar um pouco mais sobre um fator fundamental nos negócios: os fornecedores. Com características variadas, cabe ao empreendedor escolher a melhor opção para seu negócio.

O primeiro tipo é o varejo, o último intermediário antes do consumidor final. Ele se identifica pela quantidade menor na compra e a pronta entrega, algo que nem sempre ocorre quando os pedidos são feitos diretamente para o segmento industrial. O varejo pode ser acessado por qualquer pessoa, por isso, possui facilidade de compra de um só item, por exemplo. Com o surgimento do chamado “atacarejo”, o varejo pode ser abastecido pelos distribuidores, que vendem tanto para os empreendimentos quanto para consumidores finais. Nessa hora, o preço se torna um dos principais fatores da negociação e o que traçará uma boa relação entre fornecedor e consumidor.

Quando o comprador tem capacidade de comprar em grandes quantidades, ele vai para o setor industrial, outro tipo de fornecedor. Apesar da vantagem de ter compras em volumes superiores disponíveis, a indústria também se caracteriza por nem sempre oferecer uma pronta entrega, o que pode não ser atrativo para alguns tipos de negócios. “Se ele não quer comprar da indústria, ele pode eleger um distribuir na sua região com a característica de um pedido menor, prazos de imediato e até um prazo de pagamento mais competitivo”, esclarece o administrador Ernesto Antunes*.

Já os atacadistas trabalham com grandes quantidades na hora da venda. Normalmente, eles compram da indústria e vendem para o varejo, o que nos permite também reconhecê-los também como distribuidores regionais. Outra característica é o preço, pois eles conseguem vender a valores favoráveis para o varejo sem que ele saia perdendo na hora de revender para o consumidor final. Os atacadistas podem ser divididos entre nacionais e regionais, ficando posicionados entre a indústria e as lojas de varejo. Também podem oferecer frete gratuito caso as compras sejam em grande quantidade, o que acaba se tornando um atrativo.

Novos tipos de fornecedores
Um tipo atual de fornecedor é o e-commerce. “Com a globalização, tem muita empresa fazendo negócio com a Ásia, que muitas vezes compram em grandes quantidades para atender as necessidades das suas lojas. Aqui no Ceará, tem empresas que compram a cada seis meses na China e depois fazem a revenda” explica Ernesto.

Fornecedores para novos negócios
O ideal é procurar no início um fornecedor que dê garantia de abastecimento, na qual ele possa garantir que o empreendedor, durante um longo período, tenha condição de ser atendido sem a falta de produto. “Dê preferencia pela entrega, prazo de entrega e de pagamento, descontos e frete. Às vezes, se opta por um fornecedor local por ganhar no frete, barateando o produto. A escolha do tipo de fornecedor vai depender do tamanho do seu negócio, público alvo e características” finaliza Ernesto.

*Ernesto Antunes é consultor do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Ceará (Sebrae/CE)

SAIBA MAIS SOBRE TIPOS DE FORNECEDORES

GUIA DE FINANÇAS PARA NEGÓCIOS

GUIA DE FINANÇAS PESSOAIS

GUIA DE GESTÃO DE PREÇOS

Recomendado para você