Meu Negócio

Gastronomia: capacitação pode ampliar os resultados do seu negócio

Imagem mostra várias mesas em um restaurante, como cerca de 10 pessoas conversando. Ilustra o segmento da gastronomia

Foto: Free-Photos / Pixabay

Entenda sobre o segmento que mais movimenta empregos formais no Ceará e os benefícios de buscar orientação especializada

De acordo com estudo de Empregabilidade no Turismo, produzido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), em 2017, o ramo alimentício, junto ao de hospedagem, foi o que mais movimentou empregos formais no Ceará. Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) em pesquisa realizada neste ano, mostrou que 34% dos brasileiros gastam sua renda com alimentação fora do lar.

Para a administradora de empresa Evelynne Tabosa*, o crescimento do mercado da gastronomia no Estado se deu principalmente a fatores como o acesso das vendas por meio do delivery e a inovação dos pratos gourmets. “Tudo isso gera oportunidade de negócios para as pessoas de modo a incrementar o empreendedorismo no Estado.”

Evelynne explica que a formalização no ramo gastronômico é importante, pois gera benefícios como realização de empréstimos, aquisição de aplicativos, parceria com redes de cartão de crédito, além de se tratar de um segmento que requer pré-requisitos na legislação sanitária. De acordo com a especialista, o segmento da gastronomia que possui maior participação no Ceará continua sendo a comida regional. “Apesar da disruptura nas diversidades culturais na alimentação, a comida nordestina é forte na escolha. Uma carne do sol, baião de dois, peixe frito, camarão, ainda é muito valorizado e bastante pedido nos restaurantes.”

Ana Cecília e Fabrício Moura fundaram o restaurante Boteco e Petiscaria Pakato Grill em 2016, adaptando a casa onde moravam, no bairro Maraponga. De acordo com a proprietária, com o crescimento do estabelecimento, fez-se necessária a procura por uma capacitação. Cecília conta que, a partir de cursos e formações em colaboração com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Ceará (Sebrae/CE), novos aprendizados foram implementados na empresa.

Durante a consultoria, Ana Cecília teve oportunidade de estabelecer alguns processos que ainda estavam em andamento, como atendimento ao cliente, gestão financeira, auxílio com legislação, orientações voltadas para manipulação de mantimentos e treinamentos realizados pelos bombeiros com todos os colaboradores. “O Pakato Grill vem se destacando no mercado com profissionais capacitados e com legislação vigente em dia.”

Programa Selo de Qualidade
No segmento alimentício, o Sebrae possui o programa Selo de Qualidade, pelo qual orienta as empresas nas boas práticas de atendimento, cozinha e segurança alimentar por meio de acompanhamento de consultores especializados. A administradora Evelynne Tabosa relata que durante o período de acompanhamento são realizadas visitas para avaliação, orientação e capacitação. “No final do processo, é feita uma avaliação do desempenho da empresa quanto às ações de excelência na qualidade implementadas, a partir das orientações do programa para receberem, em solenidade específica, a placa de reconhecimento da conquista do selo de qualidade.”

Capacitação

Instituições cearenses com cursos de gastronomia

  • Centro Universitário Christus (UniChristus)
  • Centro Universitário UniFanor Wyden (UniFanor)
  • Centro Universitário Fametro (UniFametro)
  • Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco Fortaleza
  • Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac)

*Evelynne Tabosa é analista do Sebrae/CE e gestora do projeto Investe Turismo Fortaleza

SAIBA MAIS SOBRE CULINÁRIA E EMPREENDEDORISMO

GUIA DE FINANÇAS PARA NEGÓCIOS

GUIA DE FINANÇAS PESSOAIS

GUIA DE GESTÃO DE PREÇOS

Recomendado para você