Plínio Bortolotti

Fortaleza, terra de ninguém

436 3

Rua João Cordeiro, 2284

A CALÇADA É DO CARRO

À esquerda, uma camionteta parada há vários dias sobre a calçada. À direita, uma oficina invade a calçada para usá-la como extensão de sua propriedade. O negócio acontece ali, na rua João Cordeiro, na esquina com a av. Antônio Sales.

A propósito, a av. Antônio Sales é o exemplo mais acabado do festival de desrepeito às normas de trânsito e de civilidade urbana.  As calçadas foram inteiramente privatizadas pelas oficinas e outros tipos de comércio que proliferam em quase toda a sua extensão. 

Eu ainda não tive tempo de fotografar tudo o que acontece por ali, pois, certamente, vou precisar de um dia inteiro.

A propósito, o leitor “Biigode Branco” deixou, em um dos posts abaixo, sugestão “irônica se não fosse crítica a essas pessoas que se apossam de coisas públicas e depois atiram pedras em deputados corruptos”.

Ele propõe que a prefeiture passe a considerar a área invadida por comerciantes e particulares para considerá-la no cáclulo do IPTU,  cobrando “os atrasados retroativo há 5 anos como permite a lei”. Justo, justíssimo!

Recomendado para você