Plínio Bortolotti

Americanos confiam cada vez menos na precisão das notícias

A avaliação dos americanos sobre a precisão das notícias está em seu nível mais baixo,  segundo pesquisa divulgada no fim de semana pelo Pew Research.

Somente 29% dos americanos acham quem os veículos noticiam os fatos de maneira correta, enquanto que 63% pensam que as notícias são frequentemente imprecisas.

Na primeira pesquisa do gênero, em 1985, os índices eram de 55% para os que viam as notícias apresentadas com precisão e de 34% para os que achavam os noticiários imprecisos. O estudo diz ainda que só 26% acreditam que os veículos estão preocupados em não ter viés político.

Também chegando ao patamar mais baixo de todos os tempos estão os índices dos que pensam que as empresas jornalísticas são independentes de pessoas e organizações poderosas (20%) e dos que acham que os jornais estão dispostos a admitir seus erros (21%).

No gráfico abaixo, a linha em azul escuro indica a avaliação da precisão das noticias e a linha em azul claro mostra a evolução da avaliação da imparcialidade. [Reproduzido do Blue Bus, em post de Elisa Araujo.]

Blue Bus - Gráfico

Recomendado para você