Plínio Bortolotti

Adísia Sá por Ana Mary C. Cavalcante

468 1
Estúdio na Redação do O POVO

Estúdio na Redação do O POVO

Ofereço a vocês uma prévia do primoroso texto da jornalista Ana Mary C. Cavalcante, que vai presentear os leitores do O POVO, edição de amanhã, com o resumo da entrevista que a professora Adísia Sá concedeu hoje, à rádio O POVO/CBN, no projeto “Grandes Nomes”.

Coordenei uma bancada de entrevistadoras: Daniela Nogueira e Yanna Guimãres [repórteres do O POVO], Regina Ribeiro [editora das Edições Demócrito Rocha] e Débora Soares [TV O POVO].

Uma palinha do texto de Ana Mary:

«Adísia Sá caminha para os 80 anos, em novembro próximo, com a disposição inabalável. Ainda traz, da mocidade, o gosto pelo vinho do Porto, pelo jornalismo e, principalmente, pela vida. Leitora de Aristóteles, Maquiavel e Santo Agostinho, para citar os de cabeceira, escreve, dia a dia, sua própria filosofia. “Não há vida após a morte. Daí porque a missão do ser humano é a missão histórica”, ensina.

Ainda nos bastidores, em meio ao vaivém de abraços, a jornalista aproveita para pautar a entrevista. Na conversa prévia, microfones ainda desligados, oferece assuntos: se confessa torcedora do Fortaleza, deixa a porta da vida privada só encostada, pede que perguntem sobre o novo livro que escreve com o psiquiatra Cleto Pontes, “Três Mulheres no Divã de Freud”, com prefácio de Ana Miranda.»

Amanhã [terça-feira, 22/9] será a vez do ex-ministro José Dirceu ser sabatinado, às 11h, no projeto “Grandes Nomes” da rádio O POVO CBN – AM 1010.

Recomendado para você