Plínio Bortolotti

O reencontro

Um homem que o sr. K. não via há muito o saudou com as palavras: “O senhor não mudou nada”. “Oh!”, fez o sr. K., empalidecendo.

“Histórias do Sr. Keuner”, Bertolt Brecht

Recomendado para você