Plínio Bortolotti

Copa do Mundo: Homo Bola de Hélio Rôla

HR - Homo BolaSuponho que seja em “homenagem” à Copa do Mundo de 2014, da qual teremos alguns jogos em Fortaleza, que o artista plástico Hélio Rôla enviou-me o poema abaixo acompanhado da ilustração. O texto e o desenho chegaram via a sua famosa Rolanet.

Evolução
Homo bola

Parece que foi ontem…trocamos o tacape pelas foices,
martelos e estrelas, bombas pessoais e rojões atômicos
para logo abandoná-los em troca da bola…
No princípio foi o verbo: me faça isso, me faça aquilo…
elogo surgiram o trabalho & os cartolas
disso ninguém duvida
Mas a seguir rolou o substantivo bola
invadindo a área
e o jogo estava feito…entende?

ORA BOLAS
(reprise…)

O JUIZ APITA
…NA BASE DE BICUDOS E TRIVELAS
TEM INÍCIO A LUTA DE CLASSES
O PODER É ROLIÇO, PERFEITO
SEM ARESTAS ROLA, SOBE, MORRE NO PEITO
E DESCE NO GRAMADO
NA DIALÉTICA DANÇA DO FUTEBOL
GOOOOOLL.

A GALERA CONTRÁRIA VIBRA!
ENTRETANTO, OUVI DIZER
QUE QUEM GANHA MESMO
( E SEMPRE )
É O DONO DO JOGO…
E, ENTÃO?

SALUDOS HERO

 

Recomendado para você