Plínio Bortolotti

Praça Clóvis Beviláqua vira banheiro a céu aberto

A Praça Clóvis Beviláqua virou a praça do entulho

A Praça Clóvis Beviláqua virou a praça do entulho

Saiu na coluna O POVO nos Bairros, edição de hoje [10/12/2009],queixa de leitores sobre a Praça Clóvis Beviláqua, conhecida também como “Praça da Bandeira”, em frente à Faculdade de Direito da UFC:

«Leitores da coluna denunciam estar vergonhosa a situação da praça Clóvis Beviláqua, mais conhecida como praça da Bandeira, no Centro.

Chamam a atenção para o piso destruído pelo lado da rua Senador Pompeu com vários buracos. Já bem em frente ao prédio da Faculdade de Direito, as grades que protegiam os canteiros estão caídas. “Está um abandono só”, reforçam.

Para piorar ainda mais o cenário, acrescentam que catadores de reciclagem estão usando um lado da praça para acumular seus materiais e fazer a separação do que conseguem pegar.»

Um interlocutor deste blog diz que, além dos problemas relatados na coluna, a praça também é usada como banheiro.

Luiza Perdigão, titular da Secretaria Executiva Regional do Centro (Sercefor), afirmou à coluna O POVO nos Bairros que “ainda neste mês” a praça será “desocupada”.

Post da seção Fortaleza, terra de ninguém.

Recomendado para você