Plínio Bortolotti

Projeto Meritíssimos avalia tempo que cada ministro do STF demora para decidir

A Transparência Brasil pôs no ar o Projeto Meritíssimos, voltado para criar indicadores de desempenho do Judiciário brasileiro. A versão que está ao ar, uma versão piloto, avalia os ministros do Supremo Tribunal Federal [STF]. A Transparência esclarece que o projeto tem alguns aspectos ainda limitados, feito a partir das informações que se encontram disponíveis.

O principal indicador do projeto refere-se à expectativa de tempo de resolução de processos. Para montar os indicadores, a Transparência Brasil recolheu todos os processos que tramitaram no STF a partir de janeiro de 1997.

O foco do projeto são estatísticas relacionadas a cada ministro, em particular os tempos que eles demoram para tomar decisões. Verifica-se o desempenho varia bastante conforme o ministro.

Em um mapa interativo é possível verificar a quantidade de processos que chegam ao STF oriundos de cada estado da federação, a partir de 1997. [Com informações da Transparência Brasil]

O Projeto Meritíssimo foi apresentado por Cláudio Abramo, diretor da Transparência Brasil, no congresso da Abraji [Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo] do ano passado.  Ele mostrou vários dados hoje tornados públicos, mas pediu, na ocasião, não se os divulgassem, pois muitos deles ainda estavam sob verificação.

Recomendado para você