Plínio Bortolotti

Justiça manda afiliada da TV Globo de Mato Grosso indenizar jornalista demitido por ser considerado gordo

A Primeira Turma do Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso (TRT-MT) condenou a TV Centro América, afiliada da Rede Globo no estado, a pagar indenização de R$ 25 mil ao jornalista Ranniery Queiroz.

Na ação, ele alega que foi afastado da função de apresentador de um programa na emissora por estar acima do peso.

O relator do caso, juiz Aguimar Peixoto, considerou que houve assédio moral. Segundo ele, ao afastar Queiroz por estar com o peso acima do padrão exibido, a emissora fez com que o jornalista se tornasse vítima de chacota no trabalho.

O juiz ressaltou que não existe lei determinando o peso máximo de jornalista e apresentador de TV. O juiz ainda absolveu Queiroz de pagar pelos encargos do processo.

Informações do Portal Imprensa, onde o texto pode ser lid na íntegra.

Recomendado para você