Plínio Bortolotti

O pesadelo cult de Hélio Rôla

De Hélio Rôla, o pensador da Lagoa Redonda, recebi o desenho acima e o texto abaixo.

Iracema by night / Pesadelo cult
Uma charge da cultura

No início dos anos 90, no século passado, como hoje, eu fazia parte do grupo Aranha com Alano, Kazane, Maurício Cals, Eduardo Eloy, Sérgio Pinheiro, ocasionalmente mais alguém, pintando muros na praia de Iracema quando em alguns deles surgiram as primeiras manifestações por parte “dos Aranhas”, nós, contra a degradação do habitar humano resultante, como se diz, da “operacionalização da cultura do forró pé-de-serra-lambada-elétrica?” que ali se impunha, sem lei e sem alma…

Nessa época eu morava lá, onde vivi por 24 anos e, claro, também era vítima daquele despautério socioambiental atroz e sem trégua que dominava a cena como um real flagelo urbano… Como resistir à tal barbárie? Reclamei, denunciei aos “órgãos competentes” e por fim organizei o movimento “SOS Iracema”, com base em um expressivo abaixo-assinado que foi protocolado no Decom…

Tudo em vão! Enfim, como me sentia afeito à dimensão mural e ao fluir da pintura coletiva resolvi então me valer dessas habilidades e me desafiei a pintar o profundo desconforto que invadia o meu viver e o da vizinhança… Isto é, sobrecarga ecológica, barulho excessivo, insegurança, violência e crime, sob um clima imperdoável de indigência cívica, que não foi percebido pelo “pasquim” New York Times, e que acabou por transformá-la no que hoje ela é: a “Ghost Beach” mais peba do planeta?…

Um espaço precário e mal resolvido em meio a um pedregulho sem fim, aberto a todo e qualquer tipo de manipulação político-eleitoreira, administrativa, empresarial, todas elas em nome de uma cultura mercantilista sem pátria e além da conta que saqueia o planeta e tudo transforma em lixo…Para tanto, me vali de pincel e tinta, da dimensão da tela, do grotesco gritante, das garatujas caricaturais e da sobrecarga imagética inquietante…

A imagem acima resulta da justaposição, lado a lado, e fusão no fotoshop, de fotos digitais de 3 telas pintadas em 1994, intituladas “Poesia”, ” Cultura-Cult Cult” e “Comício”… enquanto a imagem resultante da fusão delas intitulei “Iracema by Night/Pesadelo Cult”… Que tal? Fashion, né?

Bom, penso que fiz a minha parte, mas o que a imagem e o curto texto podem mesmo suscitar somente surgirá a partir da sensibilidade, da experiência de vida do observador e de sua simpatia pela paz e não violência na cultura…E, então? “Let’s gonna give peace a chance?”

Saudações

Da pARTE do Hélio Rôla…

Recomendado para você