Plínio Bortolotti

A guerrilha do Araguaia vista por uma agência de notícias independente

A Pública (Agência de Reportagem e Jornalismo Investigativo) publica em seu portal “Araguaia: o massacre que as Forças Armadas querem apagar”. A reportagem volta à guerrilha conduzida pelo PCdoB (Partido Comunista do Brasil) entre o fim da década de 1960 e o início da década de 1970, que foi dizimada pelo Exército Brasileiro.

A reportagem, com fotos e vídeos,  se atualiza com depoimento de pessoas que estiveram envolvidas conflito, e fazendo relação como o debate em curso no país sobre a possibilidade de documentos governamentais ficarem sob sigilo eterno.

Agência

A Pública é uma agência de jornalismo investigativo inspirada em modelos já existentes em alguns países, com jornalistas se organizando em centros independentes com o objetivo de produzir reportagens, fora dos meios tradicionais de comunicação.

Os textos da Pública são de livre reprodução, bastando citar a fonte.

Veja a reportagem aqui.

Recomendado para você