Plínio Bortolotti

Sociedade de jornalistas americanos recomenda que imprensa deixe de usar expressão “imigrante ilegal”

Em sua conferência anual, a Sociedade dos Jornalistas Profissionais dos Estados Unidos (SPJ, na sigla em inglês) aprovou resolução recomendando que as expressões “imigrante ilegal” e “estrangeiro ilegal” deixem de ser usadas pelos meios de comunicação americanos.

Resolução

A resolução aprovada diz que “somente a Justiça, não os repórteres ou os editores, pode decidir se uma pessoa cometeu um ato ilegal”. A SPJ, organização com 7,8 mil integrantes, diz que “somente a Justiça, não os repórteres ou os editores, pode decidir se uma pessoa cometeu um ato ilegal”.

Informações reproduzidas do Blog Jornalismo nas Américas, do Knight Center, onde o texto pode ser lido na íntegra.

Recomendado para você