Plínio Bortolotti

Cidadão Cearense

603 3

Na segunda-feira (10/11/2011), às 19 horas, estarei na Assembleia Legislativa para, em sessão especial, receber o título de Cidadão Cearense. É a maior honraria que eu poderia receber, transformando de direito uma situação de fato: há 30 anos moro em Fortaleza – e me sinto profundamente identificado com o Ceará.

O título foi votado na legislatura anterior, por proposta do então deputado Adhail Barreto, atualmente secretário Regional da Prefeitura de Maracanaú.

Ceará

Já ouvi pessoas, que se dizem “cidadãos do mundo”, afirmarem que se sentir pertencente a um lugar é uma espécie de “provincianismo”. De minha parte, não creio que sejam coisas incompatíveis; ou seja, ter a mente aberta não se confronta com a emoção do pertencimento, com o bem-querer a uma região ou um país. Gostar de um lugar, sentir-se bem nele, não se confunde com xenofobia ou chauvinismo.

Convite

O que eu quero dizer é o seguinte: eu gosto muito do Ceará e me sinto extgremamente feliz por receber o título que me concede a cidadania cearense.

Convido os eventuais leitores deste blog à sessão da Assembleia que me entregará o título. Quando o título foi votado fiz esta postagem.

Recomendado para você