Plínio Bortolotti

Trânsito em Fortaleza: a selvageria cotidiana

790 2

De um leitor recebi o texto e as fotos.

Leitor registrou 13 infrações em meia hora de observação (clique para ampliar)

«Infelizmente as infrações de trânsito em Fortaleza estão cada vez mais comuns. A prova disso é que em apenas pouco mais de trinta minutos observando o trânsito, em um único cruzamento da Capital e em plena sexta-feira, dia 23/12, antevéspera de natal, pude constatar vários “motoristas” cruzando o meio-fio da Av. Senador Virgilio Távora.
De tanto os carros praticarem esta infração, o meio-fio já está bem deteriorado, mas é perfeitamente possível saber que este tipo de manobra é proibida.

Busquei um contato com a AMC para requisitar agentes nesta área, mas não consta qualquer e-mail em seu site. Você, como jornalista, para o bem da cidade e dos verdadeiros cidadãos, poderia encaminhar estas fotos até este órgão de trânsito. Tenho certeza que posso contar com a sua colaboração.»

Comentário

Das treze infrações fotografadas pelo leitor, em 30 minutos, como ele registra, publico três fotos: a que está acima e duas abaixo. O cruzamento em referência é da av. Virgílio Távora com rua Carolina Sucupira.

Quanto à queixa, ele está coberto de razão. O trânsito em Fortaleza é uma verdadeira selvageria. Tudo acontecendo sob o olhar complacente da AMC, o órgão que deveria organizar e fiscalizar o trânsito na cidade.

Observem ainda, do lado direito da primeira foto abaixo, como os carros se aglomeram sobre a calçada subtraindo o espaço dos pedestres.

Observe no lado direito da foto: carros roubam espaço do pedestre na calçada (clique para ampliar)

Caminhão, moto e carro: ninguém respeita a lei de trânsito. AMC é omissa (clique para ampliar)

Recomendado para você