Plínio Bortolotti

Meruoca, a serra

Caminho de Meruoca (clique nas fotos para ampliar)

Palestina, distrito de Meruoca: não consegui descobrir a origem do nome

Bastam 13 km, de Sobral à serra da Meruoca, para sair-se de uma temperatura próxima dos 40 graus centígrados e chegar-se a um clima de 16 graus. O local é para descanso, contemplar a paisagem, ouvir pássaros, fazer caminhadas – e outras coisas interessantes para um clima que pede aconchego. Há poucas pousadas e poucos restaurantes, mas vale a visita, principalmente se você vem de um roteiro de muito sol e muita praia.

Areia e água

Como me disse um “super sincero”, quando perguntei, em Jijoca de Jericoacora, o que tinha para ser visto por ali, ele respondeu: “Areia e água”. O que não deixa de ser verdade, mas uma boa combinação das duas coisas pode resultar em belas paisagens. Em Meruoca a combinação é “mato e água”, além da temperatura amena – e o canto dos pássaros.

Engenho

Não tive tempo nem mesmo de ir ao mirante e perdi um passeio a um velho engenho de cachaça da região, para o qual fui convidado, pois o tempo de folga estava se esgotando.

Então é isso, moçada, agora, o batente.

Veja também Icaraí de Amontada, Almofala, Jijoca, Jericoacora, Sobral.

Recomendado para você