Plínio Bortolotti

“O modernismo na poesia cearense”, de Sânzio Azevedo, será lançado nesta terça

Nesta terça-feira (13/11) será lançado na Bienal o livro O Modernismo na poesia cearense: primeiros tempos, do professor e crítico literário Rafael Sânzio de Azevedo. E evento será às 19h30min, na sala Bruno Jaci (mesanino 2, sala 2). A 10ª Bienal Internacional do Livro do Ceará está sendo realizada no Centro de Eventos.

Clássico

A obra de Sânzio é considerada um clássico na história da literatura do Ceará. Esta segunda edição foi preparada pelas Edições Demócrito Rocha (EDR), em homenagem ao aniversário do movimento literário cearense Padaria Espiritual (1892) e às comemorações da Semana de Arte Moderna (SP, 1922).

Padaria e Modernismo

O ensaio crítico do professor Sânzio de Azevedo revela a convergência poética entre os ideais literários do modernismo brasileiro e a produção dos moços cearenses em torno da poesia, que ganha destaque nacional. Um dos veículos pioneiros em publicar a produção poética moderna dos jovens cearenses, o suplemento literário do O POVO, “Maracajá”, que está  encartado no livro, em edição fac-similar.

O professor Sânzio é considerado o maior estudioso no Brasil do movimento literário Padaria Espiritual – e é um dos homenageados no Bienal do Livro.

 

Recomendado para você