Plínio Bortolotti

Hélio Rôla passa o Carnaval substituindo o lixo pela arte

Do artista plástico Hélio Rôla, o filófoso que perscruta a alma humana a partir de sua quinta na Lagoa Redonda, recebi o texto e a imagem que ora lhes apresento.

Hélio Rôla: tirando o lixo e pondo arte (clique para ampliar)

Hélio Rôla: tirando o lixo e pondo arte (clique para ampliar)

«Passadas as eleições a propaganda política deixou inúmeros espaços em branco nos muros da cidade como é o caso aqui na lagoa redonda… onde moro… Estamos na rua cajazeiras, esquina com Joaquim Ferreira… hoje, 10, domingo de carnaval… agora está limpo, mas logo mais virará rampa…

Estou pintando nos locais onde, mesmo a despeito da placa de proibição da prefeitura, se joga indiscriminadamente todo e qualquer tipo de lixo, a qualquer hora do dia ou da noite, do pneu velho ao computador quebrado, passando pelo gato morto…

Faço essa arte para ver surgir por parte dos moradores da área e dos serviços da prefeitura as devidas ações integradas para que o lixo deixe de ser esse estorvo ecológico e socioambiental, que infelizmente define a situação que ora se agrava… O lixo mal cuidado depõe contra a imagem de qualquer vizinhança… E mais ainda contra a imagem de qualquer prefeitura…»

Saudações da parte do hélio rôla
rolanet.blogspot.com

Recomendado para você