Política

Mauro é o único peemedebista a deixar 2º turno da presidência da Câmara

521 1
Mauro Benevides e Luizianne Lins foram os únicos cearenses a abandonar a disputa (Divulgação/Agência Câmara)

Mauro Benevides e Luizianne Lins foram os únicos cearenses a abandonar a disputa (Divulgação/Agência Câmara)

Luizianne Lins (PT) não foi a única deputada cearense a deixar o plenário da Câmara na madrugada da última quinta-feira, 14, após 1º turno da eleição da presidência da Casa. Depois de a disputa afunilar para Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Rogério Rosso (PSD-DF) no 2º turno, Mauro Benevides (PMDB) também preferiu abandonar a votação.

Com a ausência, Mauro foi o único dos 66 deputados do PMDB em exercício que só participou do 1º turno da votação. Suplente que ocupa vaga do licenciado Aníbal Gomes (PMDB), o deputado não justificou a saída da sessão.

Já Luizianne integra grupo de 25 deputados do PT que abandonou a votação após o 1º turno. Nas redes sociais, a petista declarou apoio à candidatura de Luiza Erundina (Psol) para o cargo. Voto contrariou orientação da bancada do PT, que pregava voto a Marcelo Castro (PMDB-PI), ex-ministro de Dilma Rousseff.

DEM e a “antiga política”

Vitória de Rodrigo Maia na disputa é boa notícia para o “establishment” da política nacional, na medida que enfraquece setores do chamado “Centrão” da Câmara. Grupo formado por diversos partidos de interesses heterogêneos e sem pauta ideológica definida, o Centrão ganhou grande peso durante gestão de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na Casa.

Recomendado para você