Política

PT recicla comercial de João Santana para denunciar “golpe”

22 1

Para denunciar o que classifica de “golpe” contra a ex-presidente Dilma Rousseff, o Partidos do Trabalhadores resolveu “reciclar” uma um peça publicitária criada em 2006 pelo marqueteiro João Santana, hoje preso pela Lava Jato, com objetivo de ajudar Lula na campanha à reeleição daquele ano. O comercial, que acabou nunca indo ao ar, mostrava uma parede na qual estão pendurados, lado a lado, quadros com retratos dos ex-presidentes Getúlio Vargas, Juscelino Kubstichek e João Goulart. Por último, um quadro com Luiz Inácio Lula da Silva.

Enquanto a câmera se movimentava de uma foto para outra, um locutor dizia: “Getúlio Vargas, o primeiro presidente a defender sinceramente os pobres e as riquezas nacionais. Foi perseguido, caluniado e terminou se suicidando. João Goulart, para os ricos, ele cometeu o mesmo crime, a defesa dos mais pobres. Foi deposto pelos militares. JK defendeu a indústria nacional, gerou empregos. Foi caluniado o tempo todo. Lula, o presidente dos pobres. Eles tentam, eles tentam, mas, desta vez, não vão conseguir vencer a força do povo”.

Enquanto o locutor falava, cada um dos retratos estremecia e terminava caindo com grande estardalhaço. Apenas o de Lula se mantém na parede. Em close, mãos rústicas como as de um trabalhador rural seguram firmemente o retrato do petista e o impedem de cair. A estratégia de se comparar a Getúlio, Jango e JK vinha desde 2005, no auge do escândalo do mensalão.

A nova produção manteve a ideia original de João Santana, mas sem a imagem de JK. Três retratos pendurados lado a lado em uma parece escura, enquanto um locutor pergunta: O que há de comum entre esses 3 presidentes? Todos resolveram governar mais os mais pobres”. Em seguida ele lista os feitos de cada um: “Getúlio Vargas. Criou o salário mínimo, a carteiria de trabalho e a CLT. João Goulart. Criou o 13º salário, propôs a reforma agrária, o imposto mais junto e a educação para todos. Dilma Rousseff. Ampliou o Bolsa Família, o Prouni e o Luz para Todos. E criou o Mais Médicos e o Minha Casa, Minha Vida”.

Depois pergunta o que há mais em comum entre eles, para então responder: “Os três incomodaram os mais ricos, foram acusados injustamente de corrupção e sofreram um golpe”. Enquanto isso, os vidros de cada retrato vão sendo quebrados.

O vídeo é finalizado com um pedido: votar “em candidatos e candidatas comprometidos com a democracia. Vote PT, vote 13”. Abaixo o material lançado nesta terça-feira. Outras peças serão feitas e distribuídas pelo País para serem usadas nestas eleições. Não conseguimos encontrar, entretanto, o comercial original.

Recomendado para você