Política

Abandonado por Tasso na disputa de Sobral, Dr. Guimarães diz que foi traído

Dr. Guimarães diz que decisão de Tasso não vai repercutir em sua candidatura (Foto: Divulgação)

Dr. Guimarães diz que decisão de Tasso não vai repercutir em sua candidatura (Foto: Divulgação)

Após perder apoio do senador Tasso Jereissati (PSDB), o candidato tucano à Prefeitura de Sobral Dr. Guimarães publicou vídeo na sua página do Facebook na manhã desta quinta-feira, 29, falando de traição. “Estou perplexo com a decisão do Tasso Jereissati, traindo seu partido e apoiando uma outra legenda”, afirmou.

Na noite desta quarta-feira, 28, o tucano anunciou apoio ao candidato Moses Rodrigues (PMDB), apoiado pelo também senador Eunício Oliveira (PMDB), que faz oposição a Ivo Gomes (PDT), irmão caçula dos Ferreira Gomes.

Em vídeo publicado no Facebook do Moses, Tasso explica decisão de abandonar o postulante do seu partido para apoiar o pmdebista. “Nós relutamos muito para tomar essa decisão, mas motivações de ordem partidária, programática e ética nos fizeram ver que quem representa a oposição realmente aqui é o candidato deputado Moses, que está trazendo um programa novo, de mudança, de gente nova, de renovação das práticas políticas”, disse.

No vídeo, Tasso também afirma que o “ideal” é que as forças de oposição em Sobral se unam, no caso, Dr. Guimarães e Moses. Segundo o senador, “o projeto político e o projeto para Sobral” deve prevalecer “acima de qualquer interesse pessoal”.

Dr. Guimarães, no entanto, disse que isso não vai repercutir na candidatura dele. “Essa decisão tem toda a característica de decisão de cúpula, onde o povo não foi ouvido, o povo ficou à margem desse processo, que certamente visa preenchimento de cargos no governo do Estado na eleição de 2018 e também no cargo de senador. Nós não participamos disso, nosso projeto é para Sobral”, disse.

“As cúpulas dos poderosos continuam como sempre fizeram, pensando em si e deixando o povo à margem desse processo. Mas nós continuamos firmes, com seu apoio, trabalhando por uma Sobral mais justo. Não é negociação de alta cúpula como essa aí que vai me atingir”, afirmou.