Política

Grupos chineses demonstram interesse em gestão do Acquario e CFO

Projetos do Acquario e CFO foram apresentados durante viagem de Camilo à China (Foto: Divulgação)

Projetos do Acquario e CFO foram apresentados durante viagem de Camilo à China (Foto: Câmara dos Deputados)

Dois dos principais equipamentos públicos do Ceará que passarão para a iniciativa privada, o Acquario Ceará e o Centro de Formação Olímpica (CFO) podem ter gestão tocada por grandes grupos empresariais chineses.

Segundo o secretário de assuntos internacionais do Ceará, Antônio Balhmann (PDT), os projetos de concessão foram apresentados para empresas chinesas na semana passada. A mostra ocorreu durante viagem do secretário e do governador Camilo Santana (PT) para tratar da construção da refinaria do Ceará.

“Reuniões foram mais centradas na questão da refinaria, mas não estamos perdendo a oportunidade de apresentar todo o projeto de concessões do Ceará”, disse. No caso específico do Acquario, Balhmann diz que o governo apresentou o projeto e aguarda resposta de investidores chineses sobre a ação.

“O caso do Acquario é muito especial, considerando que nessa mesma província chinesa que visitamos (Guangzhou) tem o maior aquário do mundo e a maior empresa de entretenimento na área do mar (…) apresentamos, eles estão analisando o projeto e logo mais vão dar um parecer do nível de interesse que eles tem”, disse.

Centro de Formação Olímpica

No caso do CFO, Balhmann destaca recente diretriz do governo chinês pelo investimento em ações de esporte no exterior. “Estamos vendo uma possibilidade de intercâmbio, construir uma relação de troca para operação do equipamento e usar a experiência chinese como uma grande potência olímpica”, diz.

Recomendado para você