Política

Após voto pró-reforma trabalhista, Domingos Neto vira vice-líder de Temer

768 11
Domingos Neto votou a favor da reforma trabalhista aprovada na Câmara (Foto: Divulgação/Câmara dos Deputados)

Domingos Neto votou a favor da reforma trabalhista aprovada na Câmara (Foto: Divulgação/Câmara dos Deputados)

Aprovada a reforma trabalhista e com votação da reforma da Previdência à vista, o presidente Michel Temer (PMDB) enviou ao Congresso um pacote de mudanças no bloco de liderança do governo na Câmara Federal. Deputado que votou a favor das mudanças na legislação do trabalho, o cearense Domingos Neto (PSD) foi nomeado vice-líder do governo na Casa.

Ao todo, sete vice-líderes do governo foram removidos da função, com oito outros sendo mantidos. Além de Domingos, que assumirá vaga de Marcos Montes (PSD-MG), foram nomeados como vice-líderes Beto Mansur (PRB-SP), Elmar Nascimento (DEM-BA), Hugo Legal (PSB-RJ), José Rocha (PR-BA), Pedro Fernandes (PTB-MA) e Rocha Loures (PMDB-PR).

Permanecem na função Alceu Moreira (PMDB-RS), Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), Carlos Henrique Gaguim (PTN-TO), Darcísio Perondi (PMDB-RS), Delegado Francischini (SD-PR), Julio Lopes (PP-RJ), Marcelo Aro (PHS-MG) e Rocha (PSDB-AC). Entre os que deixaram a vice-liderança, está Carlos Marun (PMDB-MS), presidente da comissão da reforma da Previdência.

Recomendado para você